Objetivo profissional do currículo – o que colocar?


09/08/2018 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Dicas de emprego


Objetivo profissional do currículo

Objetivo profissional do currículo – o que colocar?

 

O objetivo profissional do currículo é um campo que deixa muitas dúvidas entre as pessoas que estão na busca de um emprego ou de uma melhor oportunidade no mercado de trabalho. Há uma dica fundamental de como melhorar a descrição do objetivo e fazer com que te chamem para mais entrevistas. Quer saber qual é? Confira nosso post.

 

O que é o objetivo profissional do currículo?

O campo objetivo profissional do currículo geralmente vem logo depois dos dados pessoais. É nesse campo de objetivo que deve ser especificada a função ou área na qual você deseja trabalhar.

Exemplos de objetivo:

– assistente administrativo;

– vendas;

– cozinheira;

– auxiliar financeiro.

O objetivo serve para que a empresa identifique a função ou área na qual o candidato deseja trabalhar e é muitas vezes com base nesse objetivo que as empresas selecionam os currículos e chamam os candidatos para entrevistas.

Como ocorre essa seleção dos currículos?

Com relação ao objetivo profissional, suponhamos que uma empresa esteja contratando um auxiliar financeiro. Ao analisar os currículos, um dos primeiros campos que ela irá considerar é o objetivo, pois de imediato, ele já revela a função e área de interesse do candidato, tornando mais fácil a seleção.

Depois de verificar o objetivo é que os recrutadores irão avaliar outros quesitos como, por exemplo, idade, formação, experiência profissional, cursos complementares etc.

Dica de como melhorar seu objetivo profissional

Objetivo profissional do currículo

Você deve estar curioso para saber a dica que melhora seu objetivo profissional e aumenta as chances de ser chamado para uma entrevista. Pois bem, ela é bem simples.

Essa dica é aplicada principalmente no caso de pessoas que estão dispostas a trabalharem em mais de uma atividade. Portanto, ao invés de colocar várias atividades no objetivo profissional, a dica é fazer mais de um currículo mudando apenas o campo do objetivo profissional.

Vamos explicar melhor.

Suponhamos que você tenha interesse em atuar na área de vendas e também como auxiliar administrativo, por exemplo. Ao invés de colocar essas duas especificações no currículo, o indicado é que você elabore um currículo com objetivo específico da área de vendas e outro com objetivo específico para auxiliar administrativo.

Por que isso?

O objetivo profissional no currículo é analisado de forma muito rápida pelos profissionais de RH. Quando você colocar mais de um objetivo, além de ficar confuso quanto à função ou área que você deseja trabalhar, é transmitida uma imagem de um profissional que não sabe o que quer exatamente e as empresas costumam deixar esse currículo de lado.

Outro motivo.

Além de tornar o campo do objetivo mais específico, quando você trabalha com dois tipos de currículos, você pode direcioná-los melhor para as empresas nas quais tem interesse em trabalhar.

Por exemplo, você pode enviar o currículo com o objetivo de assistente administrativo para escritórios e empresas que contratam esses profissionais em maior volume.

Já o currículo com objetivo profissional na área de vendas deve ter foco em empresas de outros segmentos, que contratem vendedores com mais frequência como, por exemplo, lojas, shopping, empresas que trabalham com vendas diretas etc.

Esse simples detalhe de direcionar melhor os currículos com objetivo profissional mais específico para as empresas certas aumenta (e muito) as chances de ser chamado para entrevistas e, consequentemente, ser contratado.

Outras dicas para melhorar o currículo

Além de saber como melhorar o objetivo profissional do currículo, outras dicas são de grande ajuda para aumentar as chances de ser chamado para entrevistas e ser contratado. Vejamos quais são:

Colocar todos os cursos complementares

Ao preencher o campo de cursos complementares, coloque todos os que você fez, principalmente aqueles que têm relação direta com a área que você pretende atuar. Quando o candidato não possui muito tempo de experiência ou não tem formação acadêmica, a realização de cursos complementares consiste no principal item analisado pelos recrutadores.

Evitar erros de português

Um currículo com erros de português muitas vezes é mal visto pelos recrutadores, principalmente quando a função ou área de interesse do candidato envolve lidar com o público, elaborar documentos, atender telefone etc. Além de revisar seu currículo, peça a um amigo que entenda bastante de português para também fazer essa revisão e evitar qualquer tipo de erro.

Confira hoje mesmo o objetivo profissional que consta no seu currículo e aplique todas essas dicas. Elas são de grande ajuda para a conquista da sua vaga.

 

Comentários